01
Ago 08

 

Difícil mesmo é começar e saber logo à partida que não há nada novo para dizer… Podem-se dizer as mesmas coisas que já foram ditas com mais ou menos graça. Ou de forma empolada para dar assim a ideia que se leram uns livros e se é muito inteligente. Ou meter uns palavrões para se inventar uma cena de descontraído e à vontade. Falar sobre a alma e as angustias da mesma ou sobre futebol ou sobre a lingerie da vizinha. pode-se escrever por exemplo sem maiúsculas: dá logo um ar muito progressista. Ou sem pontuação à Saramago e ficar logo ali na ilusão do Nobel e de que a prosa saiu à maneira muito inteligente prenhe de possíveis interpretações ainda que hermenêuticas e provavelmente distanciadas na ilusão de um tempo ainda não alcançado talvez inatingível mas de qualquer maneira rico de significados esotéricos. Pode-se também escolher com a firmeza dos iniciados o bando da esquerda ou o grupo da direita, esquecer a realidade e bom senso e partir para a zaragata pretensamente política para só defender as ideias do clã – o que desde logo nos dispensa de ter as nossas…
Mas penso enquanto escrevo e continuo a achar que de facto o que estou a fazer não vale a pena. La Bruyère (desculpem lá qualquer coisinha mas estou no meu momento de cultura...) já dizia o mesmo no século XVII: “está tudo dito e eu cheguei tarde”. Foi há pouco tempo? Foi. Mas vamos ter também em consideração (segunda dose de cultura avulso) os Conceitos de Ankhu (Egipto, 1900 a.C.): “Nada tenho para dizer que já não tenha sido dito, nada que os nossos antepassados já não tenham repisado”. E o homem escrevia isto há quatro mil anos mas olhava para um passado, que era o seu, já velho de mais de mil anos.
Realmente esta coisa de escrever não é muito racional… Mas então? Pois é, não é racional, mas é ainda e por enquanto a única forma de nos fecharmos dentro de nós e ao mesmo tempo nos abrirmos para os outros. Por isso lá vai. E cá virei quando puder, como puder, para moldar na palavra o pensamento. O meu.
publicado por malcomparado às 23:16

Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


arquivos
2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Nº Visitas
web counter free
blogs SAPO